Carregando...  
       Log in   
 
        Sobre  |  Contato  |  Fórum  |  Usuários  |  Registro
Artigos XXL:  Cultura Europeia: Civilizados vs Selvagens


Cultura Europeia: Civilizados vs Selvagens

O processo de configuração da cultura europeia é uma adaptação / recriação da raiz greco-latina e judaico-cristã. 

Civilizados vs Selvagens

A descoberta do Novo Mundo traz o contato com povos até então desconhecidos e a pergunta se estes pertenciam à humanidade, pois se o critério para tal era religioso, caberia perguntar se os povos descobertos eram possuidores de alma.

Duas posturas surgem diante do “outro”: a recusa do estranho e a fascinação do diferente. O homem do mundo civilizado achou bárbaro e exótico o que encontrou nas Américas: o homem do mundo selvagem. A Carta de Pero Vaz de Caminha é um dos primeiros exercícios de construção imagética do índio das terras brasileiras. O português descreve, ao rei, as belezas e as estranhezas dos indígenas: "a feição deles é serem pardos, maneira de avermelhados, de bons rostos e bons narizes, bem feitos. Andam nus, sem coberta alguma. Não fazem o menor caso de encobrir ou de mostrar suas vergonhas; e nisso têm tanta inocência como em mostrar o rosto". Os indígenas vivem sem invejas, sem ganâncias, sem moeda… Pero Vaz de Caminha vê os indígenas como crianças e com um traço da beleza clássica. O selvagem vira objeto de admiração, estes povos seriam capazes de nos ensinar a viver da solidariedade comunitária, situada na natureza.

Tal como afirmava Hesíodo: Primeiro de ouro a raça dos homens mortais / criaram os imortais, que mantêm olímpias moradas. /Eram do tempo de Cronos, quando no céu este reinava / como deuses viviam (…) longe de penas e misérias; nem temível velhice lhes pesava / (…) espontânea a terra nutriz, fruto trazia abundante e generoso… O cristianismo também fala da necessidade de voltarmos a um passado adâmico, de retornar ao Paraíso (perdido devido à sedução da serpente); a doutrina de Rousseau defende o reativar do convívio com a natureza em busca de uma pureza primitiva extraviada há séculos em meio à falsidade e à corrupção da civilização; para Karl Marx o objetivo final do movimento socialista, ao lutar para superar o capitalismo, era restabelecer a fraternidade humana original que existira no pretérito remoto, época do Comunismo Primitivo quando não havia propriedade privada nem a desigualdade social; Martin Heidegger enaltece o homem do bosque, o camponês como lídimos representantes do sangue e da terra da antiga Germânia; gente que ainda vivia sem eletricidade e cuja sabedoria ancestral, no entender dele, era superior a sabedoria do homem moderno. Enfim, o selvagem é o mais civilizado.









 Quantas estrelas este conteúdo merece?

Avaliar:  

Avaliação atual:        
Média: [0] Total de votos: [0]





 Informações extras
Clicks: 672 | Última atualização: 28/06/2014 às 13:51

Enviado por johnny em 28/06/2014 às 13:49

Licença: Creative Commons Atribuição 3.0 Portugal. Para reproduzir o artigo é necessário dar crédito ao LeetWiki.






 Conteúdos relacionados



 Divulgue este conteúdo na Internet:
https://br.leetwiki.com/artigos_xxl/cultura-europeia-civilizados-vs-selvagens-31.html



 Estatísticas
Visitas (ip)
  •  Hoje: 14
  •  |
  •  Ontem: 37
  •  |
  •  Total: 153011
  •  |
  •  Recorde: 1025
  •  (10/07/2007)
Visitantes
  •  Online: 1
  •  |
  •  Recorde: 19
  •  (12/07/2007)
Registros
  •  Hoje: 0
  •  |
  •  Ontem: 0
  •  |
  •  Total: 400+
Copyright © 2018 LeetWiki - Todos os direitos reservados | Este site está no ar desde 10/12/2005
  Este site é um projeto desenvolvido e mantido pela AnimaStation™ | Contato: contato@leetwiki.com